Variedades

As Danceterias que Marcaram época em São Paulo nos anos 80

3 Mins read

As Danceterias bombaram nos anos 80. Elas estavam em todos os bairros com opções para todos os gostos e estilos. Apesar de existirem dezenas e dezenas de baladas espalhadas por São Paulo, algumas delas foram realmente marcantes. Separamos algumas das danceterias mais famosas dos anos 80 para você matar a saudades. Lembra de alguma? Foi em algumas delas?

Contramão

A Contramão era outra das grandes danceterias dos anos 80. Point obrigatório para quem agitava na região da Praça Silvio Romero, a Contramão alegrou a galera durante 12 (doze) anos, de 1980 até que fechou as portas em 1992.

O ambiente era extremamente agradável, havia uma pista de tamanho médio, mas parecia maior do que era quando estava lotada, aquilo bombava, seja no sábado ou na matinê de domingo.


Toco

Quem curtiu os anos 80 dançando, indo nas baladas, ouvindo as músicas, etc…Sabe que uma das paradas obrigatórias era A Toco na Vila Matilde, conhecida como a maior danceteria de São Paulo, com capacidade para 4.000 (quatro mil) pessoas.


Overnight

A Overnight foi outra das grandes danceterias dos anos 80 juntamente com A Toco e a Contramão, estava localizada no bairro da Mooca. O forte da casa era a House Music, apesar de tocar todos, todos os estilos mesmo durante a festa.


Up & Down

Localizada da Rua Pamplona, a casa começava a funcionar a partir das 22 horas e ficava tocando as músicas de começo de balada com um volume baixo para que o pessoal pudesse conversar, mas quando dava meia-noite todos olhavam para cima para ver o show de iluminação comandado por computador.


Victoria Pub

Localizado na Alameda Lorena, 1604, mantinha as características típicas das casas do Jardins na época, misturando pop/rock e sintetizadores, bandas ao vivo e muito mais.


Hippodromo

Dos mesmos donos da Up & Down, essa casa ficava na Rua Turiassu, no bairro da Pompéia e com decoração semelhante ao da Up & Down. O logotipo eram dois cavalos


Latitude 3001

A Latitude 3001 chamava a atenção pela sua estrutura e apresentação externa, que era uma Caravela muito bonita situada na Avenida 23 de maio, nº 3001. A casa rolava o som dançante costumeiro dos anos 80, com muito Synthpop, Pop, New Wave, House e Pop Rock.


Rose Bombom

Uma das casas mais famosas de São Paulo no início da década de 80 ficava na Rua Oscar Freire, 720, point das madames de SP de dia, e do público alternativo de noite. Com o chão quadriculado igual a um tabuleiro de xadrez, no Rose Bombom rolava de tudo um pouco.


Aeroanta

O Aeroanta era para o pessoal que curtia assistir uns shows totalmente fora do circuito, muito alternativo, e bandas que estavam começando.

Inaugurada em novembro de 1987, essa casa ficava na Rua Miguel Isasa, 404, no Largo da Batata, Pinheiros. A estrutura era formada por dois galpões de 350 m2, um ficava o bar e o restaurante. No outro ficava a pista de dança, o palco, uma arquibancada e um mezanino.


Gallery

Essa era uma casa de muito glamour nos anos 80. A grande verdade é que Gallery sempre foi conhecido como caso de luxo e de pessoas famosas nos anos 80. Localizado na Rua Haddock Lobo, 1.626, o local era tão famoso em todo Brasil que vinham personalidades de vários Estados e até de outros países.


Zoom

A clássica danceteria, que ficava no coração de Santana, na Rua Dr. Zuquim nº 311 e chegou a ser eleita como a melhor casa noturna da zona norte nos anos 80. Muito embalada pelo auge do new wave e rock nacional, se destacou bastante também na época do flash house.


Aramaçan

As grandes festas no Aramaçan também eram famosas na época. As pessoas vinham de todas as regiões de São Paulo para prestigiar as festas que ocorriam lá. O Aramaçan ficava em Santo André.


Ilha de Capri

famosa balada em São Bernardo, ficava às margens da Anchieta e as pessoas vinham de todas as regiões de São Paulo para prestigiar as suas festas. Fechou no fim dos anos 90

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *